Gestão Ambiental
A Aquacultura deixou de ser considerada como uma indústria "amiga" do ambiente. E muitas vezes justamente, se assim o podemos dizer.

Os problemas associados com operações de grandes dimensões são nomeadamente de natureza sócio- ambiental. As principais preocupações são: desflorestação; uso ineficiente dos recursos locais; consumo excessivo de recursos alimentares selvagens (especialmente peixe marinho para rações, ocupação de zonas de elevado valor conservacionista; descarga de efluentes e eutrofização; poluição química e bioquímica; surtos de doenças epidemiológicas; compensações inadequadas para as populações locais; competição com as actividades tradicionais locais baseadas em recursos hidrológicos, apenas para mencionar algumas.

Claro que operações de grande dimensão também trazem benefícios. Estes são sobretudo de índole económica e financeira. Os países em desenvolvimentos necessitam de investimento e divisas estrangeiras. Estes países necessitam de exportar para equilibrar a sua balança comercial. Em alguns países da América Central e África, a aquacultura industrial é já a principal fonte de divisas estrangeiras. E claro, a aquacultura cria postos de emprego.

As operações sustentáveis não podem mais promover apenas os seus benefícios. Devem também fornecer soluções para os seus problemas ambientais.

Contudo, existem soluções técnicas eficientes para estes problemas. A boa integração de nichos ecológicos nos sistemas de cultivo, juntamente com instrumentos de gestão de efluentes adequados podem constituir uma fonte significativa de retorno para as populações locais assim como sistemas eficazes de tratamento/recirculação de efluentes para operações comerciais. Podem-se evitar contaminações químicas e bioquímicas através da adopção de Boas Práticas de Gestão. As rações podem ser preparadas com base em ingredientes de origem vegetal ao invés de predar stocks piscatórios. Uma boa selecção de site pode evitar ou reduzir a desflorestação. Os interesses conservacionistas podem ser integrados nos objectivos de produção, etc.

1 - Estudos Ambientais
2 - Tratamento de Efluentes
3 - Recirculação
4 - Integração e Eficiência do Uso de Recursos